Educação permanente em saúde sob a ótica de gestores e trabalhadores da atenção primária à saúde

Authors

DOI:

https://doi.org/10.17267/2594-7907ijeh.2022.e4412

Keywords:

Educação continuada, Sistema Único de Saúde, Atenção Primária à Saúde

Abstract

INTRODUÇÃO: A Educação Permanente em Saúde é estratégia político pedagógica que objetiva a qualificação e fortalecimento em diversos níveis do Sistema Único de Saúde.  OBJETIVOS: Apresentar experiências de Educação Permanente em Saúde do cotidiano de Equipes de Saúde da Família em Unidades Básicas de Saúde da zona sul de São Paulo.  MATERIAIS E MÉTODOS: Pesquisa qualitativa com trabalhadores e gestores de unidades da zona sul de São Paulo, que tem como referências de análise a concepção institucional de educação permanente em saúde e a micropolítica da gestão e do cuidado em saúde. A coleta de dados foi realizada entre os meses de fevereiro e abril de 2019, com 25 trabalhadores de 05 gestores (n=30) por meio de entrevistas e grupos focais. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo temática. RESULTADOS: Foram identificadas quatro categorias empíricas: “Concepções acerca da EPS”, “Ações de EPS na realidade das UBS”, “Facilitadores para a EPS no cotidiano” e “Dificultadores ou barreiras para a concretização da EPS no cotidiano”. CONCLUSÃO: Apesar da influência do modelo gerencialista e das barreiras identificadas que atravessam o cotidiano das equipes, a educação permanente em saúde movimenta ações alinhadas com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde para a produção do trabalho vivo nos territórios.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Israel Victor de Oliveira, Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Rio de Janeiro). Rio de Janeiro, Brazil.

Fortaleza, CE, Brasil, Bolsista da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da FIOCRUZ, ORCID 0000-0002-2726-1281

Eliana Aparecida de Paula Silva, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (São Paulo). São Paulo, Brazil.

São José dos Campos, São Paulo, Brasil, Mestre em Antropologia pela PUC-SP e Master em Didactique des Disciplines pela Universidade Paris VII ORCID 0000-0002-5596-0039

Paula Bertoluci Alves Pereira, Universidade de São Paulo (São Paulo). São Paulo, Brazil.

São Paulo, SP, Brasil, Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública (Bolsista CAPES Doutorado), ORCID 0000-0002-7200-6335

Daiana Bonfim, Hospital Israelita Albert Einstein (São Paulo). São Paulo, Brazil.

São Paulo, SP, Brasil, Hospital Israelita Albert Einstein, Diretoria de APS e Redes, ORCID 0000-0003-0591-0495

Celso Zilbovicius, Universidade de São Paulo (São Paulo). São Paulo, Brazil.

São Paulo, SP, Brasil, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, Departamento de Odontologia Social, ORCID 0000-0003-0990-4834

Rogério Nogueira de Oliveira, Universidade de São Paulo (São Paulo). São Paulo, Brazil.

São Paulo, SP, Brasil, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, Departamento de Odontologia Social, ORCID 0000-0002-0780-8120

References

(1) Ministério da Saúde (Brasil). Relatório final sobre o processo de implementação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS). [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2019. Available from: https://www.researchgate.net/publication/330321811_RELATORIO_FINAL_ANALISE_DO_PROCESSO_DE_IMPLEMENTACAO_DA_POLITICA_NACIONAL_DE_EDUCACAO_PERMANENTE_EM_SAUDE_PNEPS

(2) Oliveira IV, Santos JMM, Almeida FCS, Oliveira RN. Permanent Health Education and National Program for Improving Access and Quality of Primary Care: a cross-sectional and descriptive study. Saúde Debate. 2020;44(124):47-57. https://doi.org/10.1590/0103-1104202012403

(3) Ministério da Saúde (Brasil). Universidade Aberta do SUS [Internet]. Brasília: UNA-SUS; 2017. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/noticia/una-sus-atinge-o-marco-de-1-milhão-de-matrículas-1

(4) Feuerwerker LCM. Micropolítica e saúde: produção do cuidado, gestão e formação. Coleção Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde. Porto Alegre: Editora Rede Unida; 2014. p. 174.

(5) Bomfim ES, Oliveira BG, Rosa RS, Almeida MVG, Silva SS, Araújo IB. Permanent education in everyday of family health teams: utopia, intention or reality?. R. pesq. cuid. fundam. online. 2017;9(2):526-35. https://doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i2.526-535

(6) Feuerwerker LCM. Faz SUS, desmancha SUS no município de São Paulo. In: Merhy EE, Baduy RS, Seixas CT, Almeida DES, Slomp Júnior H. Avaliação compartilhada do cuidado em saúde: surpreendendo o instituído nas redes. Rio de Janeiro: Hexis; 2016. Available from: https://editora.redeunida.org.br/wp-content/uploads/2021/05/Livro-Politicas-e-Cuidados-em-Saude-Livro-1-%E2%80%93-Avaliacao-Compartilhada-do-Cuidado-em-Saude-Surpreendendo-o-Instituido-nas-Redes.pdf

(7) Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec; 2014.

(8) Gil AC. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5a. ed. São Paulo: Atlas; 1999.

(9) Richardson RJ. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3a. ed. São Paulo: Atlas; 1999.

(10) Ministério da Saúde (Brasil). Secretaria de Atenção à Saúde [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2013. Available from: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/instrumento_ae_sfp.pdf

(11) Merhy EE, Feuerwerker LCM, Santos MLM, Bertussi DC, Baduy RS. Basic Healthcare Network, field of forces and micropolitics: implications for health management and care. Saúde debate. 2019;43(6):70-83. https://doi.org/10.1590/0103-11042019S606

(12) Peduzzi M, Guerra DAD, Braga CP, Lucena FS, Silva JAM. Educational activities for primary healthcare workers: permanent education and in-service health-care education concepts in the daily life of primary healthcare units in São Paulo. Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2009;13(30):121-34. https://doi.org/10.1590/S1414-32832009000300011

(13) Merhy EE. Saúde: a cartografia do trabalho vivo. São Paulo: Hucitec; 2002.

(14) Pinheiro GEW, Azambuja MS, Bonamigo AW. Facilities and difficulties experienced in Permanent Health Education, in the Family Health Strategy. Saúde Debate. 2018;42(4):187-97. https://doi.org/10.1590/0103-11042018S415

(15) Lamante MPS, Chirelli MQ, Pio DAM, Tonhom SFR, Capel MCM, Corrêa MESH. Permanent education and the health practices: perceptions of the multiprofessional-team. Revista Pesquisa Qualitativa. 2019;7(14):230-44. https://doi.org/10.33361/RPQ.2019.v.7.n.14.268

(16) Silva LAA, Soder RM, Petry L, Oliveira IC. Permanent education in primary health care: perception of local health managers. Rev Gaúcha Enferm. 2017;38(1):e58779. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2017.01.58779

(17) Ferreira L, Barbosa JSA, Esposti CDD, Cruz MM. Permanent Health Education in primary care: an integrative review of literature. Saúde Debate. 2019;43(120):223-39. https://doi.org/10.1590/0103-1104201912017

Published

2022-07-28

How to Cite

de Oliveira, I. V., Silva, E. A. de P. ., Pereira, P. B. A. ., Bonfim, D., Zilbovicius, C. ., & de Oliveira, R. N. (2022). Educação permanente em saúde sob a ótica de gestores e trabalhadores da atenção primária à saúde. International Journal of Education and Health, 6, e4412. https://doi.org/10.17267/2594-7907ijeh.2022.e4412

Issue

Section

Original Articles