RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: O CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS NEONATAIS

Autores

  • Camila Nascimento Santos
  • Natali Gel Caldeira Bahia
  • Flavia Pimentel Miranda

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v4i1.539

Palavras-chave:

Retinopatia da prematuridade, Prematuridade, Cegueira

Resumo

Objetivo: Identificar o conhecimento de enfermeiros neonatais sobre retinopatia da prematuridade (ROP). Métodos: Trata-se de uma pesquisa de campo de natureza descritiva, exploratória do tipo quantitativa, realizada com enfermeiros de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um Hospital de referência em Salvador/Bahia. Resultados: O número total da amostra foi de 16 enfermeiros, sendo 100% do gênero feminino. Observou-se que a idade dos respondentes evidencia predominância de adultos jovens. A respeito das consequências da ROP, percebe-se que os enfermeiros neonatais têm conhecimento sobre a cegueira irreversível causada pela doença, no entanto, quanto à população a ser examinada, os enfermeiros divergiram sobre os parâmetros de triagem, sendo que alguns não mencionaram a idade gestacional e/ou peso do nascimento, aspectos imprescindíveis para inclusão dos recém-nascidos na triagem oftalmológica. Entre os cuidados neonatais na prevenção da ROP mais citados destacam-se: o controle da oxigenoterapia (26%), realização do exame oftalmológico (17,3%), realização do pré-natal (8,6%) e proteção ocular (6,5%). Conclusão: Os enfermeiros neonatais pesquisados têm conhecimento sobre aspectos relacionados à doença, porém faz-se necessário a integralização das informações para que as ações assistenciais sejam compatíveis com a prevenção e detecção precoce da doença através da educação continuada e criação de protocolos que uniformize as condutas evitando ou minimizando os agravos decorrentes da ROP.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Camila Nascimento Santos
    Acadêmica de Enfermagem; Universidade Salvador – UNIFACS| Laureate International Universities- Salvador (BA) Brasil. Endereço: Conj. Colina Azul, bloco 131 B Ap. 201 São Marcos. Salvador-Bahia-Brasil. CEP: 41245-000
  • Natali Gel Caldeira Bahia

     Acadêmica de Enfermagem; Universidade Salvador – UNIFACS| Laureate International Universities- Salvador (BA) Brasil. Endereço: Cond. Residencial Sofia, 370 Ap. 301 B Cosme de Farias. Salvador-Bahia-Brasil.  CEP: 40252-005

  • Flavia Pimentel Miranda
    Enfermeira. Mestranda em Medicina e Saúde Humana (EBMSP). Especialista em UTI Neonatal e Pediátrica.

Downloads

Publicado

28.08.2015

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

1.
Santos CN, Bahia NGC, Miranda FP. RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: O CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS NEONATAIS. Rev Enf Contemp [Internet]. 28º de agosto de 2015 [citado 23º de junho de 2024];4(1). Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/539