MORTALIDADE POR ACIDENTES DE TRABALHO NA MACRORREGIÃO EXTREMO SUL DA BAHIA

Autores

  • Adryanna Cardim Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia - UFBA Secretaria de Saúde do Estado da Bahia - SESAB
  • Ana Lúcia Pellegrini Pessoa dos Reis Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Departamento de Educação.

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i2.1098

Palavras-chave:

Sistemas de Informação. Saúde do Trabalhador. Mortalidade Ocupacional. Acidentes de trabalho.

Resumo

Estudo descritivo, de vigilância, realizado com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, SIM, que objetivou estimar o Coeficiente de Mortalidade por Acidente de Trabalho, CM-AT, na Macrorregião Extremo Sul da Bahia, no ano de 2010. Neste ano, na Bahia, dos 189 óbitos relacionados a acidentes de trabalho, 14,3% ocorreram nessa Macrorregião. Cerca de 93,0% dos trabalhadores que foram a óbito, eram homens, entre 25 e 39 anos e do setor de transporte, 18,5%. Este setor apresentou CM-AT de 49/100mil trabalhadores, aproximadamente 5,8 vezes maior que o da Macrorregião Extremo Sul da Bahia (8,5/100.000), no mesmo período. Em 55,6% das declarações de óbito (DO), a variável escolaridade foi preenchida como ignorada enquanto na ocupação, aproximadamente 56% não foram preenchidas. Estes dados indicam necessidade de melhoria na qualidade do registro, bem como da completitude dos dados relacionados à ocupação e ramo de atividade econômica. Ressalta-se a importância da conscientização dos profissionais envolvidos no preenchimento da DO, visto ser este fundamental para que haja um aumento na produção de conhecimento com informações epidemiológicas a partir das estatísticas oficiais e consequente melhoria das ações voltadas para a VISAT, em suas distintas realidades.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Adryanna Cardim, Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia - UFBA Secretaria de Saúde do Estado da Bahia - SESAB

    Doutoranda em Saúde Pública. Instituto de Saúde Coletiva/UFBA. Sanitarista do Núcleo de Informação em Saúde do Trabalhador. Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador – CESAT/DIVAST/Secretaria de Saúde do Estado da Bahia - SESAB.  

  • Ana Lúcia Pellegrini Pessoa dos Reis, Universidade do Estado da Bahia - UNEB. Departamento de Educação.
    Doutora em Saúde Pública. Instituto de Saúde Coletiva/UFBA.

Downloads

Publicado

01.11.2016

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

1.
Cardim A, Pessoa dos Reis ALP. MORTALIDADE POR ACIDENTES DE TRABALHO NA MACRORREGIÃO EXTREMO SUL DA BAHIA. Rev Enf Contemp [Internet]. 1º de novembro de 2016 [citado 23º de maio de 2024];5(2). Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/1098

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)