INFLUÊNCIA DE FÁRMACOS SOBRE A FORMAÇÃO DE ÚLCERAS POR PRESSÃO: REVISÃO INTEGRATIVA

Autores

  • Ana Fabia Salgado de Almeida
  • Tallyta Sales Bezerra Soares
  • Rita Neuma Dantas Cavalcante de Abreu Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Instituto Dr. José Frota (IJF)
  • Francisco Antonio da Cruz Mendonça
  • Marilene Alves Oliveira Guanabara
  • Luis Rafael Leite Sampaio

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i1.681

Palavras-chave:

Enfermagem, Fármacos, Úlceras de Pressão, Efeitos Adversos

Resumo

Objetivo: objetivou-se caracterizar a produção científica acerca da influência de fármacos sobre a formação de úlceras por pressão (UPP). Método: foi realizada uma revisão integrativa, de abordagem qualitativa, no SciELO, BDENF e LILACS. Utilizando-se os seguintes descritores: enfermagem, fármacos, úlceras por pressão, efeitos adversos, cuidados críticos. Foram incluídas as produções publicadas nos últimos 10 anos, artigos relacionados ao tema influência de fármacos sobre a úlcera por pressão e trabalhos completos. Resultados: a partir da análise dos 9 artigos foi encontrado que o uso de broncodilatadores, antidemenciais, ansiolíticos e antibióticos foram os medicamentos mais frequentes entre os indivíduos com UPP. Conclusão: é de suma importância relatar a influência negativa de fármacos sobre este complexo processo fisiopatológico para o surgimento das UPPs, para que o enfermeiro possa aprofundar seus conhecimentos sobre a farmacologia das substâncias que influenciam no desenvolvimento das úlceras por pressão.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Ana Fabia Salgado de Almeida
    Discente do Curso de Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Fortaleza (CE), Brasil.
  • Tallyta Sales Bezerra Soares
    Discente do Curso de Enfermagem da UNIFOR. Fortaleza (CE), Brasil.
  • Rita Neuma Dantas Cavalcante de Abreu, Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Instituto Dr. José Frota (IJF)
    Doutora em Biotecnologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente da UNIFOR. Enfermeira do Instituto Dr. José Frota (IJF).
  • Francisco Antonio da Cruz Mendonça
    Enfermeiro, Mestre em Saúde Pública da Universidade Estadual do Ceará (UECE); Doutorando em Saúde Coletiva pela Associação Ampla UECE/UFC/UNIFOR; Docente da graduação em Enfermagem do Centro Universitário Estácio do Ceará e da DeVry Educacional do Brasil - Faculdade Nordeste.Fortaleza (CE), Brasil.
  • Marilene Alves Oliveira Guanabara
    Enfermeira, Mestre em Saúde Coletiva da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Professora do Curso de Enfermagem da UNIFOR.  Fortaleza (CE), Brasil.
  • Luis Rafael Leite Sampaio
    Enfermeiro, Mestre em Farmacologia; Doutorando em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Professor do Curso de Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Fortaleza (CE), Brasil.

Downloads

Publicado

26.08.2016

Edição

Seção

Estudos de Revisão: Sistemática ou Integrativa (apenas)

Como Citar

1.
de Almeida AFS, Soares TSB, Abreu RNDC de, Mendonça FA da C, Guanabara MAO, Sampaio LRL. INFLUÊNCIA DE FÁRMACOS SOBRE A FORMAÇÃO DE ÚLCERAS POR PRESSÃO: REVISÃO INTEGRATIVA. Rev Enf Contemp [Internet]. 26º de agosto de 2016 [citado 30º de maio de 2024];5(1). Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/681

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)