DESEMPENHO NO TESTE DE CAMINHADA DE SEIS MINUTOS E FATORES ASSOCIADOS EM ADULTOS JOVENS SAUDÁVEIS

Autores

  • Cristiane Maria Carvalho Costa Dias Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Nayra Pereira Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Kaliane Pamponet Prazeres Bonfim Faculdade de Tecnologia e Ciências
  • Helena França Correia dos Reis Universidade Federal da Bahia
  • Anamaria Fleig Mayer Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Fernanda Warken Rosa Camelier Universidade do Estado da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v7i3.1555

Palavras-chave:

teste de caminhada, valores de referência, adultos jovens

Resumo

Introdução: O teste de caminhada de seis minutos (TC6) avalia a capacidade funcional. É simples e de baixo custo. Objetivos: Avaliar a distância percorrida no TC6 (DTC6) em adultos jovens saudáveis de acordo com o sexo, comparar com os valores previstos para a população brasileira e verificar se os fatores demográficos, antropométricos e nível de atividade física estão associados ao desempenho do TC6. Material e Métodos: Estudo observacional, transversal, realizado com adultos jovens saudáveis. O TC6 foi realizado em duas práticas no mesmo dia.   Para predizer a DTC6a foram utilizadas equações de Soares e Pereira e de Iwama et al.Resultados: Foram incluídos 106 indivíduos. A média da distância percorrida foi de 677,4 + 47,9 m e 594,3 + 70,0 m, respectivamente, para homens e mulheres (p = 0,0001). Ambas as distâncias previstas foram diferentes estatisticamente daquela percorrida. ADTC6 associou-se com o sexo, altura, comprimento dos MMII, peso, IMC e nível de atividade física, porém não com a idade. Conclusão: Os desfechos embasam e fortalecem a aplicabilidade clínica do TC6, tanto para a avaliação funcional, quanto para a comparação de resultados mediante intervenção terapêutica em populações distintas, com agravos ou não de saúde.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Cristiane Maria Carvalho Costa Dias, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

    Doutora em Medicina e Saúde Humana; docente do Curso de Fisioterapia da EBMSP, Salvador, BA, Brasil

  • Nayra Pereira, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

    Fisioterapeuta graduada pela EBMSP. Salvador, BA, Brasil

  • Kaliane Pamponet Prazeres Bonfim, Faculdade de Tecnologia e Ciências
    Fisioterapeuta Especialista em Cardiorrespiratória, docente da FTC, Salvador, BA, Brasil
  • Helena França Correia dos Reis, Universidade Federal da Bahia
    Doutora em Medicina e Saúde Humana; docente do Curso de Fisioterapia da UFBA, Salvador, BA, Brasil
  • Anamaria Fleig Mayer, Universidade do Estado de Santa Catarina

    Doutora em Reabilitação/Unifesp; docente do Curso de Fisioterapia da UDESC, Florianópolis, SC, Brasil, Brasil

  • Fernanda Warken Rosa Camelier, Universidade do Estado da Bahia

    Fisioterapeuta, PhD, Professora Titular, Departamento de Ciências da Vida , Universidade do Estado da Bahia

Downloads

Publicado

29.08.2017

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

1.
Carvalho Costa Dias CM, Pereira N, Pamponet Prazeres Bonfim K, França Correia dos Reis H, Fleig Mayer A, Rosa Camelier FW. DESEMPENHO NO TESTE DE CAMINHADA DE SEIS MINUTOS E FATORES ASSOCIADOS EM ADULTOS JOVENS SAUDÁVEIS. Rev Pesq Fisio [Internet]. 29º de agosto de 2017 [citado 22º de maio de 2024];7(3):408-17. Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/fisioterapia/article/view/1555

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>