CONCORDÂNCIA ENTRE O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE QUÉTELET E O DE TREFETHEN NA ESTIMATIVA DO ESTADO NUTRICIONAL DE ESCOLARES

Autores

  • Cleberson Ferreira Graduando em Educação Física pela Universidade do Contestado - UnC.
  • Antonio Roberto Robles Departamento de Educação Física da Universidade do Contestado - UnC.
  • Luis Paulo Gomes Mascarenhas Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente. Professor da Universidade Estadual do Centro-Oeste.
  • Valderi Abreu de Lima Mestrando em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná.
  • Wallace Bruno de Souza Universidade do Vale do Itajaí - Univali.
  • William Cordeiro de Souza Professor de Educação Física Escolar na Prefeitura do Município de Três Barras - SC.

DOI:

https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v6i3.973

Palavras-chave:

Concordância, Estado Nutricional, Escolares

Resumo

Introdução: Constantemente diversos métodos antropométricos vêm sendo desenvolvidos com o intuito de avaliar o estado nutricional tanto de adultos, quanto de crianças e adolescentes. Objetivo: O presente estudo objetivou-se em verificar o nível de concordância entre o índice de massa corporal (IMC) de Quételet e o de Trefethen na estimativa do estado nutricional de escolares. Métodos: A amostra intencional foi constituída por 113 escolares (48 meninas e 65 meninos) com idades entre 10 e 15 anos, do município de Canoinhas/SC. Para avaliação antropométrica foram coletados os dados de massa corporal e estatura. Através desses foi calculado o IMC, proposto por Quételet (1870) e o IMC sugerido por Trefethen (2013). Para verificar a normalidade dos dados foi utilizado o teste de Kolmogorov-Smirnov. Após, realizou-se a estatística descritiva. O fator de correlação de Pearson (r) foi realizado para verificar as associações entre os métodos. Recorreu-se ao teste Qui-quadrado para verificar as diferenças entre as frequências percentuais. Para analisar o nível concordância entre os métodos foi realizado o método de Bland-Altman (1986). Resultados: Foi observada uma relação muito forte e significante entre as variáveis analisadas (r= 0,98; p= <0,001) com um intervalo de confiança de (IC 95% = 0,97-0,98) e através do método Bland-Altman (1986) pode-se perceber que as variáveis analisadas apresentaram concordâncias entre si. Conclusão: Ao finalizar o estudo, foi verificado que o IMC de Quételet e o de Trefethen apresentam concordância na estimativa do estado nutricional de escolares.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Cleberson Ferreira, Graduando em Educação Física pela Universidade do Contestado - UnC.
    Graduando em Educação Física pela Universidade do Contestado - UnC.
  • Antonio Roberto Robles, Departamento de Educação Física da Universidade do Contestado - UnC.
    Departamento de Educação Física da Universidade do Contestado - UnC.
  • Luis Paulo Gomes Mascarenhas, Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente. Professor da Universidade Estadual do Centro-Oeste.
    Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente. Professor da Universidade Estadual do Centro-Oeste.
  • Valderi Abreu de Lima, Mestrando em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná.
    Mestrando em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná.
  • Wallace Bruno de Souza, Universidade do Vale do Itajaí - Univali.
    Universidade do Vale do Itajaí  - Univali.
  • William Cordeiro de Souza, Professor de Educação Física Escolar na Prefeitura do Município de Três Barras - SC.
    Professor de Educação Física Escolar na Prefeitura do Município de Três Barras - SC.

Downloads

Publicado

12.09.2016

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

1.
Ferreira C, Robles AR, Mascarenhas LPG, Lima VA de, Souza WB de, Souza WC de. CONCORDÂNCIA ENTRE O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE QUÉTELET E O DE TREFETHEN NA ESTIMATIVA DO ESTADO NUTRICIONAL DE ESCOLARES. Rev Pesq Fisio [Internet]. 12º de setembro de 2016 [citado 25º de julho de 2024];6(3). Disponível em: https://journals.bahiana.edu.br/index.php/fisioterapia/article/view/973

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)