Educação permanente em saúde e equipes do NASF: revisão de literatura

Autores

  • Bárbara Gomes de Matos Universidade Federal da Grande Dourados.
  • Sandra Fogaça Rosa Ribeiro Universidade Federal da Grande Dourados.
  • Ekelis Cris Pires Sales Pina Universidade Federal da Grande Dourados.

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i3.1727

Palavras-chave:

Educação Permanente, Núcleo de Apoio à Saúde da Família, SUS.

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo identificar como os profissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) utilizam a Educação Permanente em Saúde em seu cotidiano com as equipes de Saúde da Família, através de uma revisão de literatura. Realizou-se a análise de seis artigos, os quais foram escolhidos por meio de uma pesquisa na plataforma Lilacs em Março de 2017. Diante dos resultados obtidos, foi possível perceber a grande dificuldade dos profissionais em lidarem com o trabalho pensado coletivamente e para o coletivo, abrangendo suas demandas e mudanças cotidianas. Ainda há nas equipes incertezas e falta de formação sobre a prática no NASF, acarretando falta de planejamento e direcionamento para o trabalho. Também, foi identificado como a saúde pública continua marcada pela tradição fragmentada, pautada em especialistas e atendimentos individuais, o que se distancia consideravelmente do esperado para a atenção primária.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Bárbara Gomes de Matos, Universidade Federal da Grande Dourados.
    Acadêmica de Psicologia e Pesquisadora de Iniciação Científica.
  • Sandra Fogaça Rosa Ribeiro, Universidade Federal da Grande Dourados.
    Psicóloga doutora em educação, professora adjunta da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Federal da Grande Dourados.
  • Ekelis Cris Pires Sales Pina, Universidade Federal da Grande Dourados.
    Mestranda em Psicologia e Psicóloga do serviço público municipal de Dourados.

Downloads

Publicado

22.10.2018

Edição

Seção

Estudos Teóricos

Como Citar

Educação permanente em saúde e equipes do NASF: revisão de literatura. (2018). Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 7(3), 493-506. https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i3.1727

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>