A MASTECTOMIA E A RESSIGNIFICAÇÃO DO CORPO NO FEMININO

Autores

  • Dayane Pereira Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Ana Aparecida Martinelli Braga Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v5i1.601

Palavras-chave:

Mastectomia, Corpo, Ressignificação corporal, Câncer de mama

Resumo

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. A cirurgia de mastectomia é o mais invasivo dos tratamentos cirúrgicos para esta patologia, e traz sérias implicações para a paciente. Este trabalho visa abordar questões referentes às estratégias de enfrentamento utilizadas no processo de adoecimento, bem como a percepção das pacientes sobre sua autoimagem pré e pós cirúrgica; identificar impactos psicológicos, físicos e sociais causados pela cirurgia e pelo tratamento quimioterápico; avaliar as percepções referentes à temática da morte e às dimensões do medo que este tema desperta. O estudo contou com levantamento bibliográfico e pesquisa de campo, na qual a coleta de dados foi feita através de entrevista semiestruturada, aplicada em dois momentos – antes e depois da cirurgia – em quatro participantes que estavam em tratamento oncológico em clínica particular de Salvador - BA. Com os dados obtidos, foram selecionadas quatro categorias de análise. Como resultado, concluiu-se que o recebimento do diagnóstico de câncer fez com que a paciente refletisse sobre questões como o sentido da sua vida e o medo da morte; para elas a estética não diz respeito apenas ao que é belo, mas se refere à identificação com o feminino; observou-se também que a crença em Deus é algo que possibilita e potencializa o estabelecimento da confiança no tratamento e na possibilidade de cura; e que a atuação da equipe multidisciplinar de assistência pode otimizar o tratamento quando esta trabalha de forma humanizada.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

18.05.2016

Edição

Seção

Artigos Originais

Como Citar

A MASTECTOMIA E A RESSIGNIFICAÇÃO DO CORPO NO FEMININO. (2016). Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 5(1). https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v5i1.601

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>